Publicado em: 11 jan 2017

Prefeito Renato Mendes realiza vistoria na cratera do Oiteiro e aciona construtora

15934365_1252187468191034_1985030906_n 15942323_1252187841524330_1114996321_n 15942388_1252187571524357_221718372_n 15969932_1252188128190968_1855883549_n 15970823_1252187991524315_1139506701_n 15995770_1252187314857716_1393007222_n

O prefeito de Alhandra, Renato Mendes (DEM), está realizando vistorias em vários pontos do município, localizado no Litoral Sul paraibano, para avaliar a real situação de obras inacabadas da municipalidade.

O gestor, nesta terça-feira (10), visitou a cratera do “Oiteiro” ou “Buracão do Oiteiro”, como os moradores nomearam o local. Na ocasião, ele esteve acompanhado de um engenheiro e do representante da construtora Geo-Urbana que, contratada pela gestão anterior, ficou responsável pela realização da medição e da obra.

“Estive com um engenheiro e o proprietário da construtora para avaliar e ver in loco se o físico está de acordo com o financeiro, pois existe medição na obra e, como não houve transição entre gestões, preciso me inteirar da situação para buscar uma solução para essa cratera do Oiteiro, até porque foi assinada uma Ordem de Serviço há dois anos e a obra sequer saiu do papel. Já agendei uma visita na Caixa Econômica Federal (CEF) para tomar conhecimentos de como foi feito o contrato e quais valores foram repassados para a execução da obra, já que não tivemos acesso até agora aos documentos oficiais da gestão do meu antecessor, que se recusou a realizar a transição”, afirmou Renato.

As medições de obras são atestados do que foi executado e não deve haver incoerência quando comparadas com o que foi constatado nos canteiros de obras. Normalmente esse serviço toma como base o diário de obra. Grandes diferenças, segundo especialistas, podem configurar fraude.

“A cada dia que passa nos deparamos com situações calamitosas, caóticas, é triste ver que ao tentar me prejudicar, tentar inviabilizar minha gestão, o ex-prefeito derrotado também atenta contra o povo alhandrense. Mas, tenho muita fé e muita força de vontade de fazer mais e melhor por Alhandra e, tenho certeza, faremos o melhor governo de todos os tempos”, afirmou Renato.

No início de 2015, o ex-prefeito Marcelo Rodrigues, assinou a Ordem de Serviço para o início do projeto de urbanização e recuperação das áreas degradadas do bairro do Oiteiro. A obra tinha o objetivo de fechar a erosão, estava avaliada em mais de R$ 3 milhões e deveria ser custeada pela Prefeitura de Alhandra, em parceria com a Caixa Econômica Federal e o Ministério das Cidades, não foi realizada. E, enquanto o problema a cada dia só aumenta, os moradores da localidade se assustam a cada dia com o tamanho da cratera.

 

 

Assessoria




Acompanhe as notícias do Portal do Litoral PB pelas redes sociais: Facebook, Twitter. Entre em contato pelo whatsapp: (83) 99631-9062.

O que achou? Comente...