24 fev 2014

Paraíba realiza vacinação emergencial contra sarampo em crianças de até 6 anos; VEJA!

20140224194045_03

Nesta quarta-feira (24), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), iniciará uma campanha emergencial de vacinação contra o sarampo nos municípios de João Pessoa, Conde, Santa Rita, Cabedelo e Bayeux, com o objetivo de imunizar crianças de seis meses a cinco anos de idade. A iniciativa visa interromper a cadeia de transmissão do sarampo na região Nordeste, já que está havendo um surto da doença nos estados do Ceará e Pernambuco.

“O Ministério da Saúde, através do Programa Nacional de Imunização – PNI, solicitou o início da campanha nestes municípios antes do Carnaval e com data de término para o dia 14 de março”, explicou a gerente executiva de Vigilância em Saúde, Talita Tavares.

Segundo ela, a partir desta quarta-feira (260, todas as Unidades de Saúde da Família (USF) destes municípios devem oferecer a vacina de forma indiscriminada às crianças de 6 meses a menores de 5 anos, independentemente do número de doses já tomadas da vacina em datas anteriores. Para vacinar as crianças, os pais devem levá-las às Unidade de Saúde (postos de saúde) mais próximas de suas residências, entre 8h e 17h, até 14 de março.

Para facilitar a adesão e cobertura da vacina, as Unidades de Saúde destes municípios trabalharão com um dia D para a Campanha no dia 8 de março, das 8h às 17h. Nas cinco cidades espera-se vacinar 95% de 70.747 crianças nessa faixa etária.

O Estado está repassando para esses cinco municípios 70 mil doses extras da vacina tríplice viral, para intensificar a imunização contra o sarampo, além de rubéola e caxumba. “Estamos tentando evitar a reintrodução do vírus no Estado. No ano passado, tivemos a confirmação de casos, já para esse ano nenhum caso foi confirmado. Mas, para impedir que o vírus possa atingir as crianças, é preciso tomar a vacina, uma vez que a imunização é a forma mais segura para interromper a cadeia de transmissão da doença”, esclareceU a coordenadora estadual do Programa Nacional de Imunização, Isiane Queiroga.

Importância da Vacinação - O sarampo é uma doença de elevada transmissibilidade que pode atingir crianças e adultos. A transmissão acontece diretamente de pessoa para pessoa, através das secreções expelidas ao tossir, espirrar ou falar. Em 2013, o Ministério da Saúde registrou 200 casos da doença, sendo 190 na região Nordeste.

Contraindicações - A vacina contra o sarampo não deve ser administrada em crianças com imunodeficiência congênita ou adquirida; câncer ou que estejam em tratamento utilizando corticosteroides em esquemas imunodepressores.

As crianças submetidas a quimioterapia, radioterapia, entre outros, também devem ser imunizadas.

Portal do Litoral PB

Com Secom PB

Comentários