Portal do Litoral PB
Publicado em: 20 mar 2020

Importante polo turístico do Nordeste, João Pessoa une ótimas ofertas de terrenos, casas e apartamentos

A cidade de João Pessoa, que é a capital do estado da Paraíba, situa-se na Região Nordeste do Brasil e detém a maior influência econômica, industrial, comercial, cultural e administrativa do seu estado. Abrigando uma população de 800.323 habitantes, o município possui o maior volume populacional do estado e o oitavo maior do Nordeste, exercendo importante papel no desenvolvimento do local.

Conhecida como a “Capital das Acácias”, João Pessoa é a terceira capital de estado mais antiga do país, tendo seus traços culturais bem definidos que, inclusive, sugestionaram as demais cidades e estados nordestinos. Economicamente, o panorama constatado no município exerce um impacto vultoso acerca de toda a viabilização de capital do estado, compreendendo 30,7% das riquezas geradas no estado e, desta forma, sendo atrativa a todos os habitantes de cidades menos favorecidas estruturalmente, financeiramente e industrialmente na Paraíba.

A economia na capital paraibana

 Retratando de uma forma bem notória a disparidade aquisitiva que abrange demais municípios paraibanos e João Pessoa, a cidade de Campina Grande, que é a segunda mais populosa e relevante do estado, compreende somente metade de todo o capital que envolve a capital paraibana.

Desta maneira, o PIB (Produto Interno Bruto) do município reforça este quadro, apresentando um valor de R$ 18.716.855,39 mil, além de um PIB per capita (Renda por pessoa) que abrange R$ 23.345,93, apontando o quão privilegiado é o cidadão pessoense em relação à sua capacidade econômica, possuindo a oportunidade de consumir, investir e, consequentemente, contribuir para o avanço estrutural da cidade, encarregando-se de adquirir terrenos em João Pessoa, seja para fins comerciais ou de moradia.

O setor que tem fundamentado e mais exerce influência, seja positiva ou negativa, da esfera financeira da cidade, é o turismo, que além de produzir renda, é um agente propulsor da geração de empregos no município. Ainda sim, o comércio e a indústria também dominam uma parte da receita direcionada aos cofres públicos e privados da cidade, caracterizado pelo complexo industrial estabelecido em João Pessoa, composto por inúmeros segmentos, como química, têxtil, informática, ótica, metalúrgico, alimentício, automobilístico e etc, viabilizando um consumo mais perene e que, diariamente, preenche as demandas existentes no cidadão pessoense.

Créditos da imagem: Pexels

João Pessoa e sua qualidade de vida

 No tocante à qualidade de vida, a cidade de João Pessoa, embora não seja referência nacional neste âmbito, tem protagonizado um processo acelerado de urbanização, estruturação e expansão comercial, fatores que não somente favorecem àqueles que residem na capital paraibana, mas, sobretudo, fomentam os deslocamentos à cidade, esteja o indivíduo buscando um destino turístico ou, até mesmo, um município em pleno desenvolvimento para abriga-lo definitivamente.

Discorrendo sobre o tema, o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de João Pessoa aponta o indicador de 0,763, considerado alto para os padrões nacionais e, principalmente, que está em conformidade com aquilo que um morador de cidades do sertão nordestino almeja desfrutar em relação a condições de vida e oportunidades de crescimento em sua plenitude.

A infraestrutura na cidade

O município, embora esteja passando por um processo de moldagem embasado nas principais metrópoles do país, ainda sim dispõe de uma infraestrutura que, na sua região, é exaltada por aqueles que a usufruem. As casas à venda em João Pessoa promovem-se sustentadas nestes argumentos.

Ofertando uma educação sólida e que reúne métodos modernos de aprendizado, atrelando um corpo docente credenciado ao acesso irrestrito à informação e conhecimento, as crianças, adolescentes e jovens que carecem de instituições qualificadas de ensino sentem-se amparadas pela iniciativa pública e privada, que designa à Universidade Federal da Paraíba Instituto Federal da Paraíba, à Universidade Estadual da Paraíba, ao Centro Universitário de João Pessoa, à Faculdade Brasileira de Ensino, Pesquisa e Extensão, à Faculdade de Tecnologia da Paraíba, ao Instituto Paraíba de Educação e Cultura, dentre outras instituições, o compromisso de qualificar os cidadãos em desenvolvimento de hoje para que, no futuro próximo, estes ingressem no mercado de trabalho com autoridade e oportunizem um desenvolvimento para toda a cidade de João Pessoa.

Abordando acerca do transporte público operante na cidade, os ônibus tem a incumbência de promover os deslocamentos dos cidadãos, garantindo segurança e tranquilidade durante as viagens. A frota ônibus de João Pessoa, inclusive, contém aprovação superior à média nacional, suprindo a necessidade de 92,5% de seus habitantes. A média de aprovação nacional, por sua vez, chega à casa dos 89%.

A geração de empregos no município

É importante ressaltar que, nada adianta se uma cidade compreende uma estrutura urbana, econômica e social sólida, e não possui uma oferta de mão de obra que se enquadre nas necessidades da população. E, no que se relaciona à empregabilidade, o cidadão pessoense pode se sentir amparado. Apresentando a menor taxa de desemprego do Nordeste, o estado da Paraíba tem criado, recorrentemente, mecanismos objetivando a geração de empregos em massa, através do fomento ao empreendedorismo e, consequentemente, a exigência por mão de obra qualificada em segmentos variados.

O índice de desocupação na Paraíba, que é de 11,1%, está aquém da média nacional e reflete em todos os mercados existentes no estado, sinalizando uma predisposição do empresariado em inserir novos colaboradores em seus negócios e, com isso, viabilizando recursos a estes cidadãos, que intensificam o consumo e tratam com otimismo a possibilidade de investimentos.

O mercado imobiliário de João Pessoa

Desta maneira, o mercado imobiliário foi impactado pela aceleração econômica. Fruto da retomada de confiança acerca da propensão de investir, certificando-se de que, em médio e longo prazo, os recursos provenientes da empregabilidade assegurada agirão em prol de aquisições de casas e apartamentos em João Pessoa, oportunizando às pessoas aplicar verba pautando-se em qualidade de vida, estabilidade profissional e desenvolvimento humano.

A verticalização que se fez predominante nas últimas décadas do município serviu de válvula propulsora para a ampliação da oferta de empreendimentos, desta forma, atendendo a uma demanda existente e que identificava a necessidade de variações de modelos, preços e tamanhos de imóveis, se enquadrando de forma assertiva ao perfil que o consumidor carecia e assim, tornando a capital paraibana ainda mais convidativa, estimulando visitantes e habitantes de outras localidades a rumarem para uma cidade que, embora possua um viés turístico, também reúne todas as virtudes essenciais que credenciam um município como potencial imobiliário.

Gostou deste artigo sobre Importante polo turístico do Nordeste, João Pessoa une ótimas ofertas de terrenos, casas e apartamentos? Não perca tempo e compartilhe-o em suas redes sociais!




Acompanhe as notícias do Portal do Litoral PB pelas redes sociais: Facebook e Twitter

O que achou? Comente...