Portal do Litoral PB
Publicado em: 4 fev 2020

HU de João Pessoa promove palestras sobre o novo coronavírus

Em virtude do alerta da OMS (Organização Mundial de Saúde), que declarou o coronavírus como emergência de saúde global, várias ações de prevenção estão sendo desenvolvidas por conta do potencial de disseminação dos casos. Com objetivo de esclarecer sobre a doença, o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB/Ebserh) vai promover palestras sobre o tema, sendo uma nesta quarta-feira (5), às 10 horas, voltada para o público interno da instituição.

A palestra “Coronavírus: O que preciso saber” vai acontecer no auditório professor Lindbergh Farias, no próprio hospital, e será ministrada pela infectologista Ana Isabel Vieira Fernandes, da Unidade de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP) do HULW. Na próxima quinta-feira, dia 6, haverá um segundo encontro, promovido em parceria com o Conselho Regional de Medicina (CRM-PB) e destinado ao público externo, com foco nos profissionais da atenção básica de saúde.

“A palestra será para explicarmos o que é o coronavírus, mostrar um panorama da doença no mundo e as formas de prevenção. É importante que a população não entre em pânico e deixe de fazer as atividades corriqueiras, no entanto, alguns cuidados devem ser tomados até mesmo para se evitar outras transmissões respiratórias”, explica a infectologista.

Evitar aglomerados, lavar as mãos com frequência; usar proteção nasal ao espirrar ou tossir; usar lenços descartáveis para higiene nasal e jogá-los em lixeira com pedal; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; e manter os ambientes ventilados são algumas das medidas que devem ser adotadas. “A ideia é trabalhar novos hábitos de higiene para se evitar possíveis contaminações”, disse.

A chefe do setor de Gestão da Qualidade e Vigilância em Saúde, Nadja de Azevedo Correia, enfatiza que o público-alvo do primeiro encontro serão profissionais do hospital, além de docentes, estudantes e residentes. “A iniciativa de abordar o tema partiu da Gerência de Atenção à Saúde em virtude da necessidade de fazer uma explanação aos colaboradores que atuam no HU”, afirmou.

Conforme acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, o Hospital Universitário Lauro Wanderley vai atuar como unidade de referência para casos de crianças com suspeita de contaminação com o novo coronavírus na Paraíba. Em João Pessoa, o Complexo Hospitalar Clementino Fraga será o principal suporte com atendimento ao público adulto.

“O HU é retaguarda para pediatria, então se houver um paciente suspeito na faixa etária pediátrica, que é de até 18 anos, ele vai ser levado para o Hospital Universitário e fica na DIP. Se esse paciente precisar de UTI, ele vai ficar na UTI Pediátrica do HU. Por ventura, se acontecer algo que torne a situação no Estado mais complexa, e os leitos do Clementino Flagra forem insuficientes, então teremos de oferecer mais leitos. Mas será uma exceção”, destacou o infectologista Francisco Bernardino Neto.

NOVO VÍRUS

No dia 31 de dezembro de 2019, autoridades chinesas emitiram um alerta à Organização Mundial de Saúde sobre uma série de casos de pneumonia de origem desconhecida na cidade de Wuhan. A confirmação veio no dia 9 de janeiro de 2020, após primeiras análises sequenciais do vírus apontarem que a pneumonia estava sendo causada pelo novo coronavírus. A primeira morte de paciente com o vírus aconteceu dois dias após: 11 de janeiro.

De acordo com o infectologista do HULW Francisco Bernardino Neto, não existe tratamento específico para o coronavírus por se tratar de um vírus novo. O especialista explicou que a terapêutica utilizada é de suporte, e o alerta para o diagnóstico é uma síndrome gripal.


Assessoria




Acompanhe as notícias do Portal do Litoral PB pelas redes sociais: Facebook e Twitter

O que achou? Comente...