Publicado em: 11 jan 2017

Homem é preso enquanto contraía empréstimo com documentos falsos na Paraíba; assista

easdfdfsafasdf

A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa, prendeu no início da tarde desta quarta-feira (11) um homem de 41 anos quando contratava um empréstimo no valor de R$ 5 mil.

O suspeito não portava documentos de identificação pessoal e estava contratando o empréstimo com a utilização de um RG e outros documentos falsos de uma vítima do estado do Rio de Janeiro. A contratação fraudulenta foi realizada em um correspondente bancário situado na rua Duque de Caxias, centro de João Pessoa.

A equipe da delegacia vinha monitorando o suspeito há uma semana, período no qual foi confirmada a falsidade dos documentos – contato feito com peritos do RJ – passando-se a monitorar o local da atuação. O suspeito retornou a empresa nesta quarta, ocasião na qual a policiais foram acionados e conseguiram prendê-lo em flagrante. O suspeito resistiu à prisão, entrando em luta corporal com um dos funcionários da empresa.

Indagado a respeito da sua qualificação, o suspeito informou uma não existente nos registros da polícia e deve ter sido repassada por outros membros da organização.

Em face de todo o ocorrido, o suspeito responderá pelos crimes de falsidade ideológica, estelionato, resistência e falsa identidade, além de ser submetido à identificação criminal (datiloscópica) com o objetivo de se identificar a sua qualificação verdadeira, podendo ser condenada a mais de 13 anos de reclusão. A DDF prosseguirá nas diligências, objetivando localizar outros suspeitos da conduta criminosa, bem como identificar outras vítimas dos empréstimos falsos, de maneira a garantir que os suspeitos respondam por todas as condutas criminosas e a ressarcir o prejuízo causado às vítimas. Quaisquer denúncias poderão ser encaminhadas à DDF pelo disque denúncia da Polícia Civil da Paraíba através do 197.




Acompanhe as notícias do Portal do Litoral PB pelas redes sociais: Facebook, Twitter. Entre em contato pelo whatsapp: (83) 99631-9062.

O que achou? Comente...