Publicado em: 6 jan 2017

Hackers sabem como usar o WhatsApp para roubar dados bancários

Resultado de imagem para WhatsApp

Todo cuidado é pouco quando se adiciona no alguém no WhatsApp. Hackers têm começado a usar o aplicativo para roubar informações pessoais dos usuários, incluindo dados bancários, credenciais de login e códigos PIN.

Segundo a consultora IBTimes, os fraudadores encontraram uma forma de enviar às vítimas um software malicioso. São dois vírus identificados até agora e ambos são originários da India e têm o nome de duas organizações, a NDA (National Defense Academy) e a NIA (National Investigation Agency).

No entanto, hackers ocidentais podem também se usurpar da tática. O relatório da IBTimes não faz menção ao sistema operacional mais atingido, mas é válido ressaltar que o mercado indiano de smartphones é fortemente dominado por dispositivos Android baratos que executam versões mais antigas.

Até agora, os mais afetados são usuários indianos e também dos Estados Unidos, mas é sempre bom ficar de olho em desconhecidos que aparecem no WhatsApp.

No Brasil, o golpe mais famoso envolvendo o mensageiro comprado pelo Facebook é o que oferece um WhatsApp Gold. Ao invés do suporto programa VIP, os arquivos maliciosos instalam um trojan no smarpthone. Um outro golpe também oferece emojis que não existem, mas que também estragam os dispositivos móveis.

Além de sempre questionar e evitar clicar em links suspeitos e de desconhecidos, manter o sistema operacional (seja Android ou iOS) atualizado ajuda a aumentar a segurança nos aparelhos.

 
Fonte: Mais Tecnologia, com informações de Express



Acompanhe as notícias do Portal do Litoral PB pelas redes sociais: Facebook, Twitter. Entre em contato pelo whatsapp: (83) 99631-9062.

O que achou? Comente...