Publicado em: 17 out 2018

É bom começarmos a ver exemplos de políticos que são bons políticos, diz Jout Jout após entrevista com Márcia Lucena – VEJA VÍDEO

A jornalista e digital influencer Julia Tolezano, a Jout Jout, mais conhecida pelo canal no YouTube JoutJout Prazer, gravou um especial na Paraíba sobre política com a prefeita de Conde, Marcia Lucena. Durante uma reunião com o secretariado, a jornalista afirmou que as ações do governo de transformação que Marcia realiza no município, foram o que despertou seu interesse.

Com um canal de mais de 1,9 milhão de inscritos, para a nova série, Jout Jout vai mostrar o cotidiano de lideranças políticas que se destacam no Brasil com um trabalho diferenciado.

“A série Políticos Políticos terá um tempo indeterminado. Eu vou olhar para o Brasil e vou ver políticos que são bons políticos, que são pessoas que a gente admira e que estão fazendo um bom trabalho e que se preocupam com o povo e não com coisas das vidas deles, simplesmente, poder e dinheiro e etc”, ressaltou Julia.

Na oportunidade, Marcia Lucena falou sobre como encontrou a cidade no início de sua gestão. “Conde tem 55 anos, mas há 30 era administrada por pessoas da mesma família, que passavam de cargos em cargos para mãe, pai, filho, marido e essa forma de fazer política acomodou a população, viciou tanto o povo que estragou profundamente o município. Infelizmente esse modelo tem desdobramentos negativos na gestão. Deixaram vícios muito grandes na população, mas mais do que isso deixaram rombos enormes na administração da cidade”.

Marcia falou também qual foi sua primeira medida após tomar posse como prefeita. “Retirei o lixo. Há dois anos que o recolhimento regular, a coleta, não estava sendo feita. Foram toneladas de lixo. Mas tive sorte, porque, no Conde mesmo e em João Pessoa, encontrei pessoas capazes que toparam vir para contribuir com o trabalho político pedagógico que propus para reerguer a cidade”.

Fonte: Polêmica Paraíba




Acompanhe as notícias do Portal do Litoral PB pelas redes sociais: Facebook e Twitter

O que achou? Comente...