Publicado em: 9 dez 2015

CINISMO DE DILMA

MARCOS SOUTO MAIOR (*)

images

Neste finalzinho de ano, com mais um dia feriado, engoliram a segundona banal, para formar quatro dias de folga, com repartições públicas, as quais deveriam trabalhar dando exemplo a população e, a própria presidenta, espantada com o irreversível impeachment, para deflagrar agora nas hostes do Senado Federal, a fim de colher a votação livre e desembaraçada, dos senadores escalados pelos respectivos partidos. Sem desejar estampar nitidamente, os documentos secretos da administração federal, a todos os brasileiros, Dilma perambula em todas redes de televisão, rádios e jornais, apoiada na poderosa Secretaria de Comunicação Social, apelidada de SECOM, atualmente nas mãos do petista Edinho Silva que sabe muito bem a diferença entre propaganda e publicidade sempre, ‘não tinha conhecimento de anúncios em páginas ilícitas’. Daí, abriu-se espaço para a CPI dos Crimes Cibernéticos atuar, onde o deputado Sandro Alex (PPS) disse que, num ano só, os 50 maiores contemplados conseguiram a meta indecorosa, de mais de um bilhão em visitas internautas, que vem a ser crime.

A ordem é sempre aparecer na mídia, Dilma estatelada pelos holofotes e microfones da mídia brasileira e internacional, o rosto desfigurado na perdição do infinito, dando até pena de quem suporta ouvir e ver. Mormente, quando inventam ela sair dos trilhos das frases de efeitos, acontecendo a maior ridicularização pública, e a figura formal e legal da figura do desaparecido Porta-voz da Presidência, desde a acumulação do atual ministro da pasta, cuja atuação administrativa restringe-se ao que há de melhor da SECOM, que são as polpudas verbas públicas orçamentárias, chegando neste ano findo, em robustos 5 bilhões de reais, de patrocínios e propagandas estatais, a exemplo da pressão do ex-presidente Lula, conseguindo 30 milhões da Caixa Econômica Federal, para o segundo maior clube de futebol, Corinthians, que serão  gastos até 31 de dezembro de 2015, raspando os cofres públicos.

Neste momento conturbado, os jornais de todo o país receberam mais um apelo desesperado da nossa presidenta, ao saber que existe um vice-presidente da República, de nome Michel Temer que é formalmente integrado pelo partido PMDB, onde o ministro Eliseu Padilha fez charminho para deixar o cargo, da Aviação, como sendo um sinal para outros e, mais que de repente, voltou atrás. Eis que um sétimo ministro pemedebista está para ser escalado, a fim de enganar onde o que se dá é para já! No contraponto político nacional, um convite do governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), neste sábado último, especialmente para almoçar com Michel Temer, não por fome ou mera coincidência, já que nesta semana pode acontecer a decretação do impeachment intentado com fundamentos, dos mestres consagrados, juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior, o vice-presidente da República assume legalmente, perante o Congresso Nacional, o restante do mandado presidencial.

Dilma esperneou realçando: “Espero integral confiança do Michel Temer e tenho certeza que ele a dará. Conheço Temer como político, como pessoa e como grande constitucionalista. Estou tranquila, pois não existe fundamento para o processo.” A incerteza de quem ouve conversas públicas nas ruas e calçadas, neste momento, aos poucos, vai sedimentando a pobreza de quem se espelha no palácio, na falta de inteligência mínima, comandar um país rico, de tamanho continental, onde o petróleo evaporou-se, o transporte ferroviário desapareceu, a seca nordestina castigou os agricultores sem água de familiares, portos e vias navegáveis abandonados, finalmente reclamam golpismo inventado pelo PT, era a teimosia de continuar negando a verdade de um país de futuro. E tudo é verdadeiro e possível, sim: VIVA O BRASIL!

(*) Advogado e desembargador aposentado

 




Acompanhe as notícias do Portal do Litoral PB pelas redes sociais: Facebook, Twitter. Entre em contato pelo whatsapp: (83) 99631-9062.

O que achou? Comente...